Imagem

Evento de projeto do Instituto Abaeté, financiado com recursos do Proac:

joaoba

Anúncios

Foto: No próximo sábado, venham assistir ao Taranta Brasiliana. O grupo vem trazer o especialíssimo repertório de danças e músicas do sul da Itália, que na antiguidade era conhecido como Magna Grécia. Dia 4 de maio , 11h30. Com Daniela Morais , Alexandre D'Antonio , Alfredo Rezende , André Victor Lucci Freitas , Rafael Vanazzi , Fernando Baumgartner e Nelson Braga Junior e apoio do Instituto Abaeté :

Neste sábado (4/5/2013) 11:30h

na praça do coco em Barão geraldo

apoio do instituto abaeté

Calendário do Pontinho de Cultura “Criança, tambor e festa”

Festejo a São Benedito

Imperdível festejo deste final de semana: Mestre Julio – terno de Moçambique de Fagundes (MG), Cia de Reis Ases do Brasil e Caixeiras da Guia se reúnem numa festança a São Benedito no Centro Cultural Casarão do Barão! Mais uma ação do Instituto Abaeté, em parceria com as Caixeiras da Guia e  Casarão do Barão, no projeto “Pontinho de Cultura Criança, Tambor e Festa” (financiado pelo MinC)! venham e divulguem!

 

Apoio:

O carnaval das Caixeirosas em Barão vai ser de pôr o chapéu!

As Caixeirosas – através do projeto Pontinho de cultura: “Criança, tambor e festa” (financiado pelo Minc), parceria do Instituto Abaeté, Centro Cultural Casarão de Barão e Caixeiras da Guia – promovem oficinas gratuitas e realizam pré-carnaval no Centro Cultural Casarão, Campinas.
Por: Susana Dias

Este ano, o carnaval da Caixeirosas, um bloco de ritmos que sempre espalha alegria, cores e perfumes pelo distrito de Barão Geraldo, Campinas, tem como novidade o oferecimento de oficinas gratuitas de toques, cantos e alegorias e a realização de um pré-carnaval, dia 12/02 às 16:00 no Centro Cultural Casarão de Barão. A ideia é ampliar a participação do público nesta festa, sobretudo infantil, proposta do Pontinho de Cultura “Criança, tambor e festa”, aprovado pelo Ministério da Cultura no Programa Nacional de Cultura e Cidadania – Cultura Viva, e que resulta da parceria entre o grupo artístico Caixeiras da Guia, o Instituto Abaeté e o Centro Cultural Casarão de Barão.

A coordenadora das Caixeirosas, a música e arte-educadora Cristina Bueno – que oferecerá a oficina de cantos e toques voltada para as crianças – ressalta que o bloco pretende promover um novo tipo de carnaval, recriando a atmosfera do carnaval antigo, das marchinhas, dos bonecos gigantes de Pernambuco, Olinda e Recife, onde reinam nas ruas a pura diversão e a brincadeira. Na oficina, que acontecerá dia 11 de fevereiro às 14:00 no Centro Cultural Casarão do Barão, “as crianças terão um espaço para terem contato com esse outro carnaval, em que espalhamos pelas ruas a força e o fascínio das cores, dos cheiros, dos ritmos, da relação com a infância. Uma aposta de que a festa pode ter também um importante caráter educativo”, diz Cristina. Na oficina, as crianças aprenderão os toques dos instrumentos que fazem parte do bloco (agôgo, chequerê e tambor) e as músicas, em especial o hino das Caixeirosas do cortejo, que este ano traz a bonecona Rosalinda: “Rosalinda é flôr, é flor, é flor/Alegria, alegria, quando passa/deixa seu cheiro de amor (bis)/Criançada é carnaval,/Rosalinda vai brincar com seu spray de Alecrim/ tssss tssss UuaUau!!!”.

Outra novidade deste ano é a realização de uma oficina de alegorias nos dias 11 e 15 de fevereiro às 14:00 e 16:00, respectivamente, em que o público, de todas as idades, será convidado a criar seus chapéus com a artista Marli Wunder. O chapéu colorido é uma marca do bloco criada pela artista. Todos os anos, os foliões desfilam com suas cabeças enfeitadas com penas, flores, bonecas, lantejoulas, brinquedos, tecidos coloridos, fitas etc. Para Marli, os chapéus “levam para as ruas a expressão da vivência pessoal de cada um, fazendo da rua e da festa um espaço acolhedor”. Na oficina serão fornecidos os chapéus, cola, tesoura, tecidos, entre outros materiais, e quem quiser participar deve levar objetos pessoais para decorar o seu.

O pré-carnaval será uma oportunidade imperdível de reunir os foliões num ensaio aberto, no Centro Cultural Casarão de Barão, antes da saída para as ruas. As Caixeirosas saem tradicionalmente no sábado, que este ano cai dia 18/02, saindo às 15:00 da Vila São João em cortejo até a Praça do Coco, onde as marchinhas começam às 17:00. Participam também do evento do Terra Lume e saem no cortejo dia 17/02, que começa às 18:00 na Praça do Coco. Apresentam-se ainda nos dias 19 e 21, às 17:00, no Almanaque Café. Coloque o seu chapéu e divirta-se!

Mais informações:

http://caixeirasdaguia.wordpress.com/

Vejam quando participar das oficinas e carnaval das Caixeirosas (não é preciso inscrição):

Oficina de toques e cantos

Com Cristina Bueno

Data: 11/02, das 14 às 16:00

Local: Centro Cultural Casarão do Barão

Oficina de chapéus alegóricos

Com Marli Wunder

Datas: 11/02, das 14 às 16:00 e 15/02 às 14:00

Local: Centro Cultural Casarão do Barão

Pré-Carnaval

Bloco Caixeirosas

Apoio: Associação dos Proprietários Terras do Barão

Datas: 12/02 às 16:00

Local: Centro Cultural Casarão do Barão

Carnaval das Caixeirosas nas ruas

Datas:

17/08 – Sexta – saída às 18:00 da Praça do Coco no evento Terra Lume.

18/02- Sábado de Carnaval – saída às 15:00 da Vila São João em cortejo até a Praça do Coco.

Apoio:

O Instituto Abaeté atua no desenvolvimento de pesquisas e ações nas áreas de artes, cultura, educação, política e meio ambiente. Nosso objetivo central é contribuir para o desenvolvimento social, por meio de ações, pesquisas e divulgação dos resultados das pesquisas integradas às nossas ações e áreas de atuação, realizadas por nossos integrantes e parceiros.

O Instituto Abaeté, por meio deste sítio, pretende publicar trabalhos de pesquisas e estudos relacionados às nossas atividades, no intuito de contribuir para que nossas experiências possam se tornar proveitosas para outras organizações e movimentos sociais, bem como para permitir maior transparência na utilização de recursos públicos, próprios ou privados na realização de nossas atividades e atos jurídicos.